IMPRIMIR PÁGINA

 

Estudo para os 12

JESUS LAVA OS PÉS DOS DISCÍPULOS

 

JESUS LAVA OS PÉS DOS DISCÍPULOS

 

1. Passagem Bíblica – João 13:1-17

2. Versículo para Memorizar – João 13:10 “Disse Jesus: Aquele que já se banhou não necessita de lavar os pés; no mais, está todo limpo. Ora, vós estais limpos, mas não todos.”

3. Texto de Referência – Mateus 20:20 -28

4. Objetivos - a. Compreender que Jesus nos ama até a morte. Ele não nos condena nem nos amaldiçoa. b. Seguir o exemplo de Jesus de serviço humilde ao nosso próximo.

PERGUNTAS INDUTIVAS

Disse Pedro: “Nunca me lavarás os pés.” O que Jesus respondeu? (João 13:6-8)

Que parte do corpo de Jesus disse que precisava ser lavada mesmo que a pessoa já tivesse banhado? (João 13:10)

Qual foi o propósito de Jesus ao lavar os pés dos discípulos? (João 13:14-18)

MENSAGEM DO DIA 

Na Noite que antecedeu a festa da Páscoa, antes de sua crucificação, Jesus lavou os pés de seus discípulos no cenáculo. Jesus ensinou os discípulos a lavarem os pés uns dos outros, assim como Ele lhes fizera. Pela humilde tarefa de lavar os pés dos discípulos, aprendemos acerca do amor, humildade e vida de serviços do Senhor. Estudaremos também a maneira pela qual nossos pecados são purificados.

O Infinito Amor de Jesus   

O propósito de Jesus ao vir ao mundo foi levar sobre si o pecado do homem, na cruz, e expandir o reino dos céus. Porém, os discípulos achavam que o Messias viria como Rei de Israel e arrasaria o governo romano. Chegaram mesmo a disputar sobre quem teria a posição mais elevada quando Jesus fosse coroado rei. Visando corrigir os motivos e ações erradas dos discípulos, Jesus lavou-lhes os pés. Uma coisa notável aqui é que a expressão da completa humildade e amor de Jesus foi mostrada um pouco antes dele ser pregado na cruz. Em outras palavras, antes de deixar este mundo, Jesus nos deu um exemplo de humildade, o mais importante ensinamento para seus seguidores. Em essência, Ele estava dizendo: “Se me dignei a fazer isto por vocês, então vocês devem estar dispostos a prestar o mais humilde dos serviços uns aos outros.” Jesus manifestou humildade como sua expressão de afeto pelas pessoas. A mais bela expressão de amor pelos outros é a humildade e o serviço voluntário. Jesus rebaixou-se e “a si mesmo se esvaziou, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens”, porque amava o Pai (Filipenses 2:7). Ele tambem manifestou seu amor infinito por nós ao humilhar-se e morrer na cruz.

O Ministério de Jesus

A terra da Palestina onde Jesus viveu é na maior parte seca e arenosa. Os calçados das pessoas eram como as sandálias dos nossos dias, de modo que seus pés naturalmente ficavam bem sujos após uma breve jornada. Era costume cada casa ter sempre um jarro de água à entrada e quando chegava algum hóspede o servo da casa lhe lavava os pés. Entretanto, os discípulos de Jesus estavam ocupados na disputa sobre quem ocuparia as posições mais elevadas quando Jesus fosse proclamado rei. Assim, nem se deram ao trabalho de lavar os pés uns dos outros (Lucas 22:24). Jesus, então, despiu a túnica, apanhou uma toalha e pôs-se a lavar os pés dos discípulos. As mãos do Filho de Deus, o Messias, puseram-se a lavar aqueles pés sujos e empoeirados. A princípio, eles ficaram perplexos. Não demorou muito, entretanto, para que começassem a entender o que Jesus estava fazendo, e por quê. Então, provavelmente coraram de vergonha.

Há três lições importantes na passagem bíblica de hoje.

Primeiro, Jesus deu-nos um exemplo de humildade. Cingir-se com uma toalha e lavar os pés dos discípulos foi uma demonstração e uma lição de humildade (1 Pedro 5:5). Jesus se humilhou á posição mais baixa, a de um servo.

Segundo, ao lavar os pés dos discípulos, Jesus mostrou seu verdadeiro propósito em vir ao mundo. “Pois o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Marcos 10:45).

Terceiro, Jesus deixou um exemplo para nós, seus discípulos. Ele o confirmou em João 13:14-15: “Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos laveis os pés, vós deveis também lavar os pés uns dos outros. Eu vos dei o exemplo, para que façais o que eu fiz.” Crer em Jesus e segui-lo significa ministrar aos nossos vizinhos como Jesus o fez. Significa adorar ao Senhor mediante o serviço ao próximo, e ainda respeitá-lo em sua necessidade. Essa vida de serviço ao próximo só é possível quando o consideramos superior a nós mesmos.

Jesus Ensinou o Arrependimento     

Ao lavar os pés dos discípulos, Jesus também lhes estava ensinando a respeito do arrependimento e do novo nascimento. Quando Jesus se aproximou para lavar os pés de Pedro, este tentou deter o Senhor:

“Nunca me lavarás os pés.”

Jesus o repreendeu:

“Se eu não te lavar, não tens parte comigo.”

Então Pedro Retrucou:   

“Senhor, não apenas os pés, mas também as mãos e a cabeça.”

De novo falou o Senhor:

“Aquele que já se banhou não necessita de lavar senão os pés” (João 13:10).

Por que Jesus fez uma distinção entre “se banhou” e “lavar senão os pés”? Com as palavras “se banhou” Jesus indicava o pecador que já foi totalmente lavado, o crente nascido de novo.

O ser humano nasce uma única vez. Quando ele se arrepende de seus pecados e aceita a Jesus no seu coração, nasce espiritualmente de Deus, torna-se filho de Deus. Está salva da morte eterna. O pecador “nasceu de novo”.

Uma vez que a pessoa tenha “nascido de novo”, o Espírito Santo entra em sua vida para não sair mais. Se o crente peca, o pecado muda seu relacionamento com Deus. O crente-pecador precisa arrepende-se de seu pecado, deixá-lo no sangue de Jesus, mas o Espírito Santo permanece pacientemente com ele e trata dele de muitas maneiras, a fim de levá-lo ao arrependimento e restaurá-lo á comunhão com Jesus, quantas vezes for necessário. Foi isso o que Jesus quis dizer quando falou que a pessoa que já se banhou não precisa ser banhada de novo, mas apenas lavar os pés.

Então, o que Jesus quis dizer com “lavar senão os pés”? Embora sejamos nascidos de novo, nossos “pés” são como a nossa fé. Nossa fé é facilmente maculada porque somos influenciados pelo meio ambiente em que vivemos. Da mesma forma que lavamos nossos pés com frequência, precisamos também nos arrepender com frequência dos pecados que temos cometido consciente ou inconscientemente, a fim de manter-nos limpos diante do Senhor. Foi o que Jesus quis dizer.

Através desta lição sobre lavar os pés, Jesus nos ensinou a maneira de tratar os pecados, grandes ou pequenos, que nos assediam de tempos em tempos. Só assim Deus nos concederá bênçãos, ao responder ás nossas orações. Devemos buscar diariamente a ajuda do Espírito Santo para viver uma vida de pureza, santificando-nos e ministrando aos outros.

PERGUNTAS FINAIS

Qual foi o propósito da vinda de Jesus á terra? (Marcos 10:15)

Como, segundo o ensino de Jesus, uma pessoa pode tornar-se grande? (Marcos 10:43-44)

Qual foi o propósito de Jesus em dar-nos o exemplo, ao sofrer injustamente? (1 Pedro 2:21) 

APLICAÇÃO

  1. Jesus nos amou até á morte, portanto sejamos sempre gratos a Ele pela vida eterna.
  2. Ministremos aos outros com o amor de Jesus.
  3. Se falharmos e cometermos pecado, por causa de nossas fraquezas, arrependemo-nos depressa, e limpemos nosso coração, para que jamais quebremos a comunhão com Deus e desfrutemos de suas bênçãos continuamente.

 

  IMPRIMIR PÁGINA